Amor tem idade?

2

Desde que o presidente da França virou notícia (não pela eleição mas pelo seu relacionamento, não sabe? tá aqui) a discussão sobre diferenças de idade na relação tornou-se algo incessante. Mas a verdade é, uma relação com uma diferença grande de idade incomoda a quem? Esse post não visa muitos cliques, não tem o objetivo de ser absurdamente comercial, mas se eu conseguir inspirar ao menos uma pessoa no mundo a abrir mão dos padrões e ser mais feliz, viver um amor, já atingi meu objetivo.

Confesso que tem uma pegadinha de interesse próprio nessa matéria, já que vivo a situação mas foi conversando com uma grande amiga que viveu isso por um longo período que me dei conta, as diferenças de idade existem, culturalmente é mais aceitável quando o homem é mais velho, no entanto, independente do gênero ou de idades, as pessoas mais incomodadas são as de fora e não as que vivem a relação. Foi ela quem me encorajou a assumir tudo isso, lembro bem da frase:

As pessoas irão falar, cabe a você julgar se vale a pena. Se está disposta a encarar. E se a resposta for sim, vai ser feliz!

Conversei com a Luísa, ela e o Daniel já tem uma relação de alguns anos, estão de casamento marcado inclusive. Perguntei o que foi mais difícil ao assumir um relacionamento onde ela tem 20 anos, ele tem 40.

Aceitação dos pais. A principal.
Se não a gente não tem dificuldade porque não parece que temos diferença de idade.

Essa foi a resposta que ela me deu. E traduziu o que eu acabei de dizer, uma relação com diferenças incomoda mais quem está de fora do que as pessoas que vivem.Olha só a cara de felicidade dos dois.

Quem está numa relação como essa, não tem medo do que os outros pensam, sabe que o que acontece num relacionamento vai muito além do que as pessoas enxergam. E idade não é sinônimo de maturidade. Conheço homens que são meninos, e meninos que são homens. O mesmo vale para o sexo oposto.

A minha situação já é contrária, eu sou 13 anos mais velha. Mas digo o mesmo. Nós não sentimos essa diferença. Mas sabemos dos comentários.

Inúmeras são as pessoas que conhecemos que levam adiante histórias fadadas ao julgamento, as acusações, ao comentário do “tu sabe que não vai dar certo”, e por que eu resolvi escrever esse post? Pois assim como eu tive medo de assumir a relação no início, muitas outras pessoas também tem esse medo. E seguem se esquivando da sociedade e seus julgamentos.

Hoje, numa página do Face que acompanhamos, o tema será justamente esse, o amor tem idade? Existe uma regra para se relacionar com alguém? É necessário pedir identidade antes de dizer muito prazer?

Assim como a minha história a da Lu iniciou na amizade, na parceria, no conhecer um ao outro. Se alguma dessas tem garantia de eternidade? Nenhuma! Assim como se as pessoas envolvidas tivessem a mesma idade, também não haveria essa garantia. Mas que seja eterno enquanto dure, e que as pessoas percam o medo de viver, que importem-se menos com valores distorcidos e saibam que o que realmente é importante é ser feliz.

você pode gostar também Mais do autor clique aqui

2 Comentários

  1. Regina Foss Diz

    Super amei a matéria, pois sou 12 anos mais velha que meu noivo. E sem dúvida são apenas números que não interferem em nada a relação, apenas para quem está de fora… 😉

    1. Iana Furst
      Iana Furst Diz

      Exatamente… que bom que gostou…sempre que tiver sugestões, ideias ou temas sinta-se a vontade… beijo grande!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.