Como ter um quarto Montessoriano em casa

O quarto do pequeno não serve apenas para dormir!

0

Já diz o ditado, criança precisa brincar. E mesmo na hora de pensar no seu espaço, seu quarto, os pais precisam levar isso em consideração. Além de bonitos, lúdicos e acessíveis as crianças, os espaços pensados de acordo com o método Montessoriano auxiliam no desenvolvimento dos pequenos, dando liberdade de movimentos e imaginação.

A designer de Interiores Fernanda Scherer dá as dicas para você colocar isso em prática na sua casa.

A cama:

Cama foi feita para dormir. Certo? Errado. Geralmente no quarto dos pequeninos colocamos o famoso bercinho, mas não aqui. Uma cama baixinha, no chão, sem grades é a sugestão. Assim o seu filho terá a liberdade de “entrar e sair” quando quiser. Um colchão sobre um estrado é a dica, cercar de almofadas auxilia na prevenção de acidentes. Cuidado com os cantos do estrado, se puder optar pelos arredondados, melhor.

cama infantil
Cama de fácil acesso para o seu pequenino ou pequenina

Decoração:

Tudo nesse quarto deve estar na altura da criança. Espelhos são muito bem vindos, é importante que ela se reconheça e possa analisar os próprios movimentos. Os tapetes auxiliam na proteção, especialmente em caso de piso frio, mas é importante que os tapetes estejam bem posicionados, preferencialmente antiderrapantes, evitando o risco de quedas.

Personagens, desenhos, gravuras, adesivos. O quarto deve ter o jeitinho do seu pequeno, elementos que ele goste e que façam parte do seu universo.

Cores, acessórios lúdicos, bichinhos e personagens de filmes, tudo é bem vindo para compor um mundo de sonhos para as crianças.
montessori
Um quarto repleto de elementos que fazem o pensamento voar!

Móveis:

Mais do que um lugar de dormir, o quarto torna-se o mundo da criança. Assim sendo, nada de objetos ou móveis que não tem função nenhuma. Tudo ali deve ser pensado com base em organização, praticidade e desenvolvimento.

papel de parede
Todos os elementos tem a sua função dentro do quarto.
crianças
Liberdade para criar, pintar e brincar, sem preocupar-se com manchas. Espaços clean são super bem vindos.

Menos é mais:

Poucos brinquedos, mas todos acessíveis para que a criança possa pegar o que desejar no momento que quiser. Nada de objetos escondidos em caixas ou suspensos. A criança deve poder mover-se livremente, sem necessitar da ajuda dos adultos. Um cantinho de leitura, com mesinha e porta livros é muito bem vindo. O rolo de papel para desenho também é uma ótima ideia, permite que a criança se expresse.

Paredes desenháveis também estão mais do que liberadas. Estimular a criatividade é o objetivo.

paredes criativas
Paredes desenháveis auxiliam na função de liberar a imaginação.

A criança cresce, o quarto cresce junto:

De acordo com a idade da criança, as adaptações vão sendo realizadas. É importante deixar que ela se expresse no próprio espaço, para acompanhar seu desenvolvimento. Criança que se localiza no próprio ambiente, é criança feliz!

tapete decorativo
Criança feliz é criança que se desenvolve.

você pode gostar também Mais do autor clique aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.