O que podemos aprender com Rodrigo Hilbert

0
Há alguns dias me deparei com aquela situação que todo homem odeia. Ver as mulheres suspirarem por outro cara. Estou falando de Rodrigo Hilbert, ator famoso, bonito, dono de casa e se não bastasse tudo isso trata sua esposa como uma rainha.
rodrigo hilbert
Tem como disfarçar o sorriso de felicidade da Fernanda Lima?
Mas ai me veio outra coisa na cabeça, depois que passou aquele sentimento infantil de inveja, parecido quando um coleguinha seu aparecia na escola com uma lancheira do seu super herói favorito, analisei a situação com outros olhos. O que podemos aprender com Rodrigo Hilbert° Aquele homem não faz nada alem de sua obrigação, afinal de contas, hoje em dia os homens têm sim que ajudar lavar louça, fazer comida e principalmente tratar sua esposa como rainha.
Confesso que a parte dele fazer tricô me assustou um pouco!
rodrigo hilbert tricotando
Precisa legenda?
Mas enfim, raciocinem comigo, se ao invés de ficarmos tentando achar isso errado, tentássemos fazer parecido. Receber sua esposa com a casa limpa, pra variar um pouco, com um jantar especial feito por nós mesmos e melhor que tudo isso, sempre que possível elogiar esta mulher maravilhosa que está ao nosso lado.  Reservando para a parte quente da noite alguma novidade para apimentar ainda mais o sexo (adoro sugerir uma visita ao sex shop, é o melhor lugar para esquentar a relação).
No momento em que fizermos isso e tornarmos rotina, nossas mulheres vão olhar para aquele homem e pensar, “poxa, mas meu marido faz tudo isso”… Claro que depois as mulheres acharão alguma coisa para reclamar, isso é normal (hehe). O detalhe é que hoje em dia as coisas estão muito iguais. Homens das cavernas não são mais aceitos por princesas encantadas que desceram da torre mágica a vários anos e hoje comandam famílias, empregos, nações e não sentem mais tanta necessidade de ter um homem ao seu lado, se essa pessoa não a trate como ela realmente merece. Então gostaria que todos nos fossemos esses “homens da porra” para nossas mulheres, e deixar aquele rapaz chamado Rodrigo Hilbert ser somente mais um igual a nós. Pense nisso.

 

você pode gostar também Mais do autor clique aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.