Saúde Sexual Feminina: suas disfunções e soluções.

0

Não de hoje que afirmamos aqui no Divas que sexo é vida! E sexo com qualidade, bom, me desculpem a redundância, mas é qualidade de vida! Acontece que muitas mulheres encontram dificuldades em levar uma vida sexual ativa saudável e muitas vezes por vergonha ou falta de informação acabam não procurando ajuda especializada, pensando nisso fomos até a Plena, conversar com a Dra Fabiana Guerra Fioravanti Sartori, afinal, nada como a orientação profissional para esclarecer nossas dúvidas!

Com a palavra, Fabi:

 As mulheres têm uma vida sexual saudável e satisfatória por um certo período de suas vidas, porém, de uma hora para outra começam a  perder o equilíbrio de sua saúde sexual. No entanto elas acabam não dividindo com ninguém este problema, talvez pelo simples fato desta situação fazer com que sintam vergonha, sendo que esta advém de tabus, valores, conceitos, regras e princípios morais frente ao sexo.

sexualidade feminina

         No entanto, estas mulheres devem deixar de lado tudo isso e procurar ajuda, pois não estão sozinhas. É cada vez maior o número de mulheres com dificuldades sexuais em algum ponto de suas vidas e necessitam sim de ajuda, já que tudo isto gera um desgaste grande, visto que afeta a motivação de vida de uma pessoa e também de seu cônjuge ou parceiro.

            São vários os tipos de disfunções sexuais, porém, alguns deles são mais comuns, como o baixo desejo sexual, o vaginismo (contração involuntária dos músculos próximos a vagina que dificulta ou impedem a penetração do pênis, espéculos vaginais, tampões,etc.) e a Anorgasmia (inibição do orgasmo, onde a mulher pode ter um atraso ou ausência recorrente ou persistente do orgasmo) . Todas estas disfunções e as demais, podem estar relacionado a causas orgânicas e/ou psicológicas e até mesmo devido ao uso de determinadas medicações.

            Dentre as causas psicológicas temos a depressão; a baixa auto-estima; emoções conflitantes sobre seu corpo e sexualidade, normalmente devido a experiências precoces na infância e a ensinamentos, assim como abuso sexual, estupro e experiências sexuais ruins; falta de intimidade; etc.

            Dentre as causa físicas temos as alterações hormonais que podem aparecer no decorre da vida das mulheres; o uso de medicamentos que podem interferir no funcionamento sexual, como alguns antidepressivos, anti-alérgicos, calmantes, antibióticos, etc…; presença de infecções (urinárias, retais ou vaginais) e doenças sexualmente transmissíveis, as quais podem levar a desconfortos ou até mesmo dor nas relações sexuais (dispareunia), inibindo algumas das fases da resposta sexual humana (desejo, excitação, orgasmo e resposta); fluxo sanguíneo a nível genital diminuído; cansaço físico; distúrbios glandulares; quimioterapia; ferimentos na medula espinhal; etc…

sexualidade feminina

            Na verdade, não importa a causa, o que importa é que para cada uma delas existe um tratamento e, por isso é que todas as mulheres que apresentam algum distúrbio sexual deve  procurar ajuda o quanto antes, pois existem várias formas simples de resolver este grande, mas que pode se tornar pequeno problema.

            Portanto, se estão preocupadas com qualquer aspecto de suas vidas sexuais, procurem seu ginecologista e ele orientará o melhor tratamento.

Dra Fabiana Guerra Fioravanti Sartori

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor clique aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.