Sentir e não falar é o mesmo que não sentir

0

Sim, você ama, mas não fala. De que adianta?

De que adianta amar, se o outro não consegue saber? De que adianta dizer que o outro ocupa um lugar especial na sua vida se você não consegue demonstrar, se o outro não se sente especial? É preciso amar com todas as forças, com o coração, com os lábios, com os braços e também com as mãos.

Sentir e não fazer com que o outro sinta, é o mesmo que não sentir. Sente-se amado quem é cuidado, quem é abraçado. Quem é importante a ponto de não fazer diferença beirar o ridículo ou não. Sente-se amado aquele que se sente em primeiro plano. Aquele que escuta, que sente. Que é surpreendido, que é compreendido.

Amar é pagar mico vez ou outra. Amar é engolir o orgulho. É admitir que errou. É não ter errado mas mesmo assim tomar a iniciativa para que as coisas melhorem. Amar é não ter de provar nada para ninguém, exceto para  a pessoa que realmente precisa saber.

Eu te amo, mas não sei falar. Não sei demonstrar. Eu te amo mas embora tenha errado não sei pedir desculpas. Vou manter o silêncio para não ser fraco.

Fraqueza é admitir perder o que se ama por orgulho. Fraqueza é não lutar pelo que se quer. Pior, fraqueza é só perceber o que se quer após ter perdido. É imaginar que a perda jamais vai acontecer e esconder-se atrás dessa certeza. Fraqueza é não lutar.

Amor é força, fortaleza, coragem…é serenata, declaração..

Amor é colocar o outro acima de si mesmo… amor é saber que se o amor parte, a felicidade parte junto e então lutar para ficar. Amor é pedir, chorar, implorar se assim for preciso, é não deixar partir.

Se você ama e não sabe falar, não sabe demonstrar, se você está acima desse sentimento, você não ama!

você pode gostar também Mais do autor clique aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.